Última semana [24 a 31/03]

Demorei para concluir meu diário referente a última semana … mas foi interessante terminar e organizar os últimos momentos na Estônia que ainda pulsam em minha memória, aqui do Brasil. De perceber como somos abençoados, que presente de ser Brasileiro. De poder receber de Deus de maneira abundante e transbordante. Pois, lá não existe esse avivamento.

A última semana foi um pouco mais tranquila. Ao mesmo tempo em que eu estava muito feliz em arrumar as malas e voltar para casa, poder rever minha família, era uma tristeza sem explicação. Pois dentro de um mês acabou o projeto, mas não acabou a vida daquelas pessoas. Aquilo tudo continuava… vidas, corações … foi uma mistura de alegria e tristeza.

Lembram do Tonu? Aquele senhor da primeira semana que tive a oportunidade de conhecer? Ele e sua senhorinha foram na igreja durante a semana para ajudar a limpar. E Ele participou de dois cultos. De terno, todo arrumadinho. A coisa mais linda. E o que fica disso? Mesmo que ele demore no processo de cura, mesmo que passe muito tempo até algo acontecer em sua vida, a semente foi plantada. A semente do evangelho mora dentro de seu coração. Para uns pode ser apenas uma notícia de que ele foi para a igreja. Para minha vida isso é uma das coisas mais lindas que pude ver lá e é o que me faz crer no poder de Deus. De poder ver de como Deus transforma e tem poder de cuidar, de mudar as pessoas. De como me ama. Mas não só me ama. Ele ama a humanidade. E tem pressa em se conhecido neste mundo. Tem pressa de que seus filhos o conheçam.

Nesta semana pude participar de um evento na igreja de páscoa com algumas crianças que vieram de escolas para receber um pedacinho do evangelho. É muito lindo ver aqueles que se dispõem a fazer a obra para organizar tudo para os pequenos.

Nestes últimos dias meio que fiz uma retrospectiva dentro de mim mesma. E pude contemplar tudo o que vivi. Os amigos que fiz, as pessoas tão especiais e amadas por Deus que conheci, os momentos de oração, o aprendizado devido a diferente cultura, tantas coisas que enchem meu coração com mais vontade de ir…e levar a palavra. E hoje ao acordar e entre minhas conversas com o Espírito Santo quanto ao que escrever sobre esta experiência, eu acordei com uma pergunta muito forte que gostaria de compartilhar com vocês…

Pescadores de almas, ou Pescadores de bênçãos?

Nos dias em que vivemos, fala-se muito sobre ser pescadores de almas e discípulos de Jesus. Mas o que temos feito para salvar a vida dos perdidos? O que temos feito para mudar nossa geração? Como podemos e queremos mudar nossa geração se por muitas vezes nós mesmos dormimos? Um versículo que falou muito ao meu coração e me impulsionou a fazer muita coisa ano passado foi João 15:13 “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.”

Queridos, dar a vida não é fazer o superficial. Dar a vida é renunciar a nossa própria vida. É abrir mão do nosso conforto, da nossa vontade mesmo na dor. Dar a vida é inventar tempo quando não temos para doar ao próximo. Pois o tempo e dedicação de atenção é o que mais tem feito falta para o próximo. E antes deste ensinamento, Jesus adianta: “Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor.

Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.”

João 15:7-11.

E, após o versículo 13 já citando, Jesus continua… “Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.

Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.” João 15:14-17

Queridos, servo não é somente ser submisso ao seu senhor, que em nosso caso ser submisso ao nosso Senhor Deus. Mas, servo é servir. É aquele que serve, que trabalha. E o verdadeiro servo de Cristo trabalha por amor. E com amor. Onde está o prazer de ir em busca de almas? Onde está o prazer de dar a nossa própria vida em favor do próximo? Onde está o prazer de ir nos desertos do mundo em busca de ossos secos?

Pude contemplar com meus próprios olhos a morte espiritual que existe lá fora. A Europa está morrendo. E o que estamos fazendo para mudar esse quadro? Jovem, a Europa está morrendo! Quando falo jovem, é porque nós jovens temos a vitalidade que Deus nos dá para ir e explodir esse fogo santo do Espírito às nações! Podemos nos transformar em bombas na mão de Deus e sermos usados como instrumento vivo para aquecer as nações.

Não estamos no Brasil à toa. Deus tem um propósito para todas as coisas e nosso país nos foi dado de presente. É uma dádiva termos a oportunidade de receber, de contemplar este avivamento todos os dias. Deus nos escolheu e nos separou para moramos no Brasil e sermos brasileiros. Deus tem derramado do seu poder, da sua unção. Mas o que temos feito com tanta unção??? Queridos, o que recebemos dos céus não é para continuar pescando somente nossas próprias bênçãos. Seremos ricamente abençoados sim, mas isso é consequência. Recebemos desse amor para sermos pescadores  de almas! Satanás está fazendo a festa na Estônia. Não digo isso desmerecendo a soberania de Deus. Sei que nosso Pai é maior e mais poderoso do que tudo, mas as pessoas estão morrendo. Oseias 4:6 está se cumprindo de maneira avassaladora. E o maligno está tragando as vidas e devastando a humanidade. E isso é apenas a ponta do iceberg do que está acontecendo na Europa. Jovens, desperta tu que dormes! Deus anseia em ser conhecido. Mais do que qualquer artista famoso da modinha. Mais do que qualquer jogador de futebol. Deus tem sede pelas nações. E o Brasil é diferente. As promessas de Deus para nosso querido Brasil não são à toa. Deus tem derramado e nos encharcado para que possamos levar as boas novas. Jovens, não utilizem de justificativas tolas para deixar de ir. Pois Deus faz. Ele tem feito, Ele tem poder para isso. Somente se coloque na posição. Não receba o chamado – VIVA o chamado, respire o chamado! Pois é Ele quem providenciará tudo e te levará, e te dará autoridade para curar e fazer coisas maiores em seu nome. Isso é real. Eu pude ver com meus próprios olhos. Basta se posicionar.

Queridos, o mundo está morrendo…não sejam pescadores de bênçãos próprias somente. Sejam pescadores de vidas!

 

Com amor,

Grazi

 

 

Últimas Notícias

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress